Bio

Zé Manel é um dos mais jovens e promissores autores da sua geração, tendo completado 10 anos de carreira com apenas 24 de idade. Durante 8 anos foi líder da banda Fingertips, com a qual conquistou o primeiro lugar das tabelas nacionais através dos singles “Melancholic Ballad, “‘Cause to love you” e “Do it (Magic colors)”, tendo sido nomeado para 3 Globos de Ouro, assegurado a primeira parte de artistas internacionais como George Michael, Queen, Nelly Furtado ou The Corrs e pisando palcos como o Rock in Rio ou o Festival Vilar de Mouros. Do repertório do grupo destacam-se ainda temas como “Picture of my own”, banda sonora do maior anúncio feito em Portugal até à data, “Move Faster” ou “You’re gone”. Em 2009, o artista aventura-se na escrita através do romance “Inquietude”.

Em 2011, lança-se a solo com o projecto Darko, do qual resultam êxitos como “Define Joy”, “Para nunca mais (acordar)”, banda sonora da novela Louco Amor e um dos 20 temas mais tocados nas rádios nacionais durante o ano de 2012, tendo também ultrapassado o número assinalável de 1.000.000 de visualizações no Youtube, ou “Until the morning comes” que atingiu o top 10 das tabelas nacionais e faz parte da banda sonora da novela Belmonte. Postriormente, Zé Manel foi ainda agumentista e protagonista da curta metragem “Amar demais”, na qual colaborou com actores consagrados como Mafalda Matos e António Capelo. Deste projecto resultou o vídeo do tema “The death”, trilha sonora do filme. Darko foi ainda um dos artistas seleccionados para representar Portugal no Canadian Music Week, em Março de 2012. No ano de 2014, Darko edita uma edição especial de “Borderline Personality Disorder”, comemorativa dos seus 10 anos de carreira, na qual inclui quatro temas novos, entre eles “Olhos no chão”, o single que sonoriza um projecto contra a descriminição e aborda a problemática do bullying. Pelo caminho, Darko ainda teve oportunidade de colaborar com o DJ MadMac no tema “Strangers” e com Emmy Curl no projecto Cherry Luna, com o tema “Departure”. No mesmo ano,foi também convidado para ser cabeça de cartaz da peça “Amor mau”. Uma produção que, em parceria com a APAV, abordou a temática da violência doméstica nas suas diversas formas ao longo de 4 espectáculos com sala esgotada.

Em 2015 Darko apresenta Crying Out em dueto com a estreante Iolanda Costa e entra nos tops das principais rádios. A 25 de Maio regressa ao português com o tema Fomos Somos, para assinalar o dia internacional da criança desaparecida, doando todo o valor angariado pelos downloads do tema à causa. No final do mesmo ano lança o EP digital Prelude onde apresenta o single Não me digas que mais tarde integra a banda sonora da novela Rainha das Flores e que conta com mais de 300.000 visualizações no YouTube, bem como dois temas exclusivos, entre os quais se encontra Bestie, em dueto com Mikkel Solnado e Emmy Curl. Em Junho de 2016, Darko apresenta Overexpression, o segundo longa duração a solo, perante um Casino do Estoril esgotado. Com duetos com Filipa Azevedo, Mafalda Arnauth ou a americana Leah Andreone, destacam-se deste álbum temas como September Issue, Pó ou Freakshow Divine. No ano de 2016 Darko é também convidado a participar no programa líder de audiência A Tua Cara não me é estranha no qual se sagra finalista.

Em fevereiro de 2017 Darko é convidado do programa Alta Definição. Em março, partilha o primeiro avanço daquele que será o seu primeiro albúm integralmente em português e relata uma história de amor através dos meses do ano. “Março” com letra de Pedro Chagas Freitas é assim o primeiro capítulo desta história que conta com Olivia Ortiz como protagonista. Em “Junho” conhecemos mais um episódio deste calendário emocional, partilhado com a jovem atriz e cantora Bárbara Branco.

Multifacetado, Zé Manel já foi agenciado pela Central Models e já pisou a passerelle da Moda Lisboa e do Portugal Fashion, tendo desfilado para criadores de renome como Nuno Gama ou Júlio Torcato e sido fotografado para publicações como a Vogue, Elle ou DSection. Recentemente, formou-se também enquanto consultor de imagem através do Atelier Styling Project, tendo criado a sua plataforma online com o portal “DeBicho.com“. Socialmente activo, o músico é ainda sócio-fundador da Associação Portuguesa de Crianças Desaparecidas e professor na escola Fame – Fábrica de artistas.

 

Darko em Alta Definição: VER
Darko na Rádio ComercialVER
Darko, Março ao vivo na Cidade FMVER
Darko, Junho ao vivo na GQVER
Darko na final d’A Tua Cara Não me é EstranhaVER